preservdafert.png

Congelamento de Gametas

A Embryolife tem um programa de Preservação da Fertilidade tanto feminina como masculina, propiciando aos seus clientes uma opção acessível e segura na área da Medicina Reprodutiva

fundoinfmasSem-modelo.png

Preservação da Fertilidade

Algumas pessoas podem optar por criopreservar seus gametas para preservar sua fertilidade. Mulheres antes da menopausa ou com menos de 35 anos, por exemplo, tem óvulos que trazem maiores taxas de sucesso para a gravidez. Pessoas que serão submetidas a tratamentos oncológicos como quimio ou radioterapia, também devem buscar a criopreservação de gametas caso tenham o desejo de atingir uma gravidez no futuro.

Para realizar o procedimento de criopreservação dos gametas é necessário fazer a coleta dos espermatozoides e óvulos que serão criopreservados.

No caso dos gametas masculinos isso é feito principalmente através da masturbação. Alguns homens que possuem ausência de espermatozoides no sêmen ejaculado devido a alguma obstrução (vasectomia, por exemplo) podem coletar através de um procedimento medico de punção testicular. Muitas vezes o sêmen coletado por punção também pode ser criopreservado.

No caso das mulheres, primeiro é preciso se submeter a uma indução de ovulação através de medicamentos. A coleta é um procedimento cirúrgico simples,  trata-se de uma punção transvaginal guiada por ultrassom.

Para que a criopreservação seja feita da forma correta, são adicionadas substâncias crioprotetoras, que evitam a formação de cristais de gelo no interior dos espermatozoides, óvulos ou embriões.

A última etapa é sempre o armazenamento em tanques de nitrogênio líquido, onde o material fica sob a temperatura de -196 ºC. Eles são colocados em pequenas palhetas com sua identificação e podem ficar armazenados por tempo indeterminado.

fundocontato.png

Podemos ajudar? Entre em contato

Agradecemos o envio! Entraremos em contato.

 
WhatsBotao.png